Instituto HSBC Solidariedade abre novo edital

O Instituto HSBC Solidariedade, que representa o pilar social da sustentabilidade do Grupo HSBC no Brasil, abre esta semana, nova seleção para investimento em projetos aprovados nos Conselhos dos Direitos da Infância e Adolescência. Os projetos devem investir na redução da vulnerabilidade de crianças e adolescentes, como redução da exploração do trabalho infantil, dos índices de exploração sexual, aumento dos índices de retorno familiar ou de adoção, entre outros. A solução da causa deve obrigatoriamente estar aliada ao sucesso escolar. O investimento total é de R$ 700.000,00, que será dividido entre 10 projetos, de até R$70 mil cada, em apoio de 12 meses. Serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos não governamentais e comunitários, legalmente constituídos no país, sem fins lucrativos, que atuem no Terceiro Setor e que estejam aprovados nos Conselhos dos Direitos da Infância e da Adolescência que permitam a doação dirigida ou vinculada. Organismos governamentais podem apresentar projetos por meio de suas fundações e associações. Cada projeto inscrito deverá contar obrigatoriamente com apadrinhamento de um colaborador do Grupo HSBC (HSBC, Losango e HSBC Global Technology Brasil), que, voluntariamente, representará o Instituto HSBC Solidariedade e apoiará a instituição. Para inscrever um projeto, os interessados devem preencher o formulário disponível no site http://www.porummundomaisfeliz.org.br e encaminhar o projeto ao Instituto até 03 de abril de 2009. Em 20 de maio será divulgada no site a lista dos projetos pré-selecionados. A seleção final será publicada no dia 7 de julho. Essa iniciativa, de incentivo a projetos por parte do Instituto HSBC Solidariedade, faz parte da política da organização e do Grupo HSBC no Brasil e no Mundo, que prima pela realização de ações relacionadas aos seus três focos de atuação: Educação, Meio Ambiente e Comunidade. Seu objetivo primordial é contribuir efetivamente para melhorar a formação integral do ser humano, valorizando ações que promovam a ética, a autonomia, o conhecimento, a liderança, a solidariedade e a sustentabilidade. Para mais informações visite o site: www.porummundomaisfeliz.org.br.

Regulamento

http://www.porummundomaisfeliz.org.br/pdf/regulamento-selecao-fia-12-02-09.pdf

 

Formulário

 

http://www.porummundomaisfeliz.org.br/doc/formulario-selecao-fia-12-02-09.doc

 

Notícia publicada em www.gife.org.br

Anúncios

Carrefour seleciona projetos para patrocinar

O Carrefour lançou o edital “Jovens em Transformação”, e receberá até o dia 13 de março deste ano, inscrições de projetos voltados para a preparação e qualificação de jovens, entre 16 e 24 anos, para o mercado do trabalho. Serão escolhidos três projetos que, receberão individualmente um valor máximo de 83.000 euros, proveniente da Fundação Internacional Carrefour, para ser usado no prazo de um ano.

É também necessário que a proposta contemple a geração de renda, de modo a garantir a auto-sustentação financeira do projeto também no médio e longo prazo. Os recursos obtidos com estes programas devem ser convertidos em benefícios e manutenção econômica da própria instituição, bolsa-auxílio ou em ajuda de custos para os jovens e suas famílias.

“Decidimos apoiar esse tipo de projeto, porque acreditamos na capacidade de transformação dos jovens e valorizamos o trabalho das instituições que criam espaços e oportunidades para o crescimento pessoal e profissional desses jovens”, declara o diretor do Instituto Carrefour, Antônio Uchoa.

“Entendemos também que as organizações necessitam de ajuda para ampliar e melhorar seus resultados. Mas os projetos precisam contar com suas próprias fontes de recursos para que se mantenham ao longo do tempo e as mudanças sejam efetivas” afirma Uchoa.

Os programas a serem inscritos devem prever um período mínimo comprovado de qualificação de dois anos. Para participar, os jovens devem estar cursando ou ter concluído o Ensino Fundamental e Médio e ser de uma família de baixa renda e situação de risco social, de acordo com os critérios previamente estabelecidos.

Para a escolha dos trabalhos será formado um “Comitê de Seleção”, com participantes indicados pelo Instituto Carrefour, que tenham comprovadamente experiência nas áreas de abrangência do tema e sem nenhum vínculo com as iniciativas inscritas.

Poderão participar entidades sem fins lucrativos como associação, fundação ou cooperativa, que atuem diretamente em uma das cidades ou regiões metropolitanas previamente definidas: Manaus (AM), Fortaleza (CE);Brasília (DF); Vitória (ES); Goiânia (GO);Campo Grande (MS); Belo Horizonte, Contagem, Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba (MG);João Pessoa (PB); Curitiba, Londrina, Pinhais (PR); Recife (PE); Porto Alegre, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Canoas, Santa Maria, Gravataí (RS); Natal (RN); Rio de Janeiro, São Gonçalo, Niterói, Alcântara, Santa Cruz, Belford Roxo, Duque de Caixas, Campo Grande(RJ).

As fichas de inscrição poderão ser acessados no site www.carrefour.com.br, no Menu Responsabilidade Social/Jovens em Transformação.O processo será efetuado por meio da análise do material de inscrição que poderá ser enviada, exclusivamente, pelos Correios até o dia 13 de março. Não serão aceitas propostas apresentadas por fax, e-mail ou entregues pessoalmente, ainda que dentro do prazo.

O material deverá ser enviado para: Rua Paul Valery, 255 – Granja Julieta – CEP 04719-050 – São Paulo – SP. A/C “Responsabilidade Social – Jovens em transformação”.

O edital encontra-se no link abaixo:

http://www.carrefour.com.br/web/br/institucional/download/Jovens_em_transformacao_Edital.pdf

Formulário de inscrição

http://www.carrefour.com.br/web/br/institucional/download/Formulario_Jovens.doc

Planilha financeira

http://www.carrefour.com.br/web/br/institucional/download/Planilha.xls

Informações sobre Inscrições:

http://www.carrefour.com.br/web/br/institucional/Jovens_inscricao.aspx

 

Publicado em www.gife.org.br

Criança esperança divulga projetos selecionados

O Criança esperança divulgou a relação de projetos a serem apoiados em 2009, são 73 projetos e 114 mil crianças atendidas.

Veja a lista abaixo:

REGIÃO NORTE          

ACRE

1.      Rede Acreana de Jovens em Ação

Projeto: Baquemirim 2

Local: Rio Branco

 

2.      Grupo de Estímulo ao Aleitamento Materno – GEAMA

Projeto: Amamentação – uma prioridade da Amazônia 2009

Local: Rio Branco

 

AMAPÁ

3.      Conselho das Comunidades Afro-Descendentes do Amapá

Projeto: Bacuri – Semeando o futuro da educação quilombola

Local: Macapá

 

AMAZONAS

4.      Núcleo de Amparo Social Tomás de Aquino / Lar Francisco de Assis

Projeto: Núcleo de Artes e Ofícios

Local: Manaus

 

5.      Oficina Escola de Lutheria da Amazônia – OELA

Projeto: Lutheria na Amazônia – Sustentabilidade e Inclusão Social

Local: Manaus

 

PARÁ

6.      Instituição Caruanas do Marajó Cultura e Ecologia

Projeto: Tecendo e moldando a riqueza da vida no Marajó

Local: Soure

 

7.      Diocese de Santarém

Projeto: Rádio pela Educação – Fortalecimento do “para ouvir e aprender” e criação de rádios em escolas municipais do Baixo Amazonas

Local: Santarém

 

8.      Associação Musical Antônio Malato – AMAM

Projeto: Música Marajoara

Local: Ponta de Pedras

 

9.      Instituto Peabiru

Projeto: Casa da Virada

Local: Belém

 

RONDÔNIA

10.  Centro Despertar da Criança e do Adolescente

Projeto: Inclusão digital para comunidade de baixa renda

Local: Guajará-Mirim


TOCANTINS

11.  Colégio Sagrado Coração de Jesus

Projeto: Regando Talentos

Local: Porto Nacional

REGIÃO NORDESTE          

ALAGOAS

12.  Associação das Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Jesus – AIFSCJ

Projeto: Diálogos na Aldeia

Local: Maceió

 

BAHIA

13.  Associação Carnavalesca Bloco Afro Olodum

Projeto: Escola Olodum

Local: Salvador

 

14.  Centro Projeto Axé de Defesa e Proteção à Criança e ao Adolescente

Projeto: Matriz das Artes: manutenção e ampliação de atividades de arte-educação

Local: Salvador

 

15.  Fundação Centro Brasileiro de Proteção e Pesquisas das Tartarugas Marinhas – PRÓ-TAMAR

Projeto: Projeto TAMAR – Inclusão Social

Local: Mata de São João

 

16.  Associação Parceria das Crianças

Projeto: Bem-me-quer

Local: Senhor do Bonfim

 

17.  Associação Pracatum Ação Social – APAS

Projeto: Aos Olhos dos Erês II

Local: Salvador

 

18.  Galpão de Arte

Projeto: Confecção do Bom Viver

Local: Feira de Santana

 

19.  Instituto Eletrocooperativa

Projeto: Eletrocooperativa 2.0 – sevirologia: metodologia de formação do ser humano do século 21

Local: Salvador

 

CEARÁ

20.  Escola de Dança e Integração Social para Criança e Adolescente – EDISCA

Projeto: Acertando o passo com o futuro

Local: Fortaleza


21.  Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri

Projeto: Meninos e Meninas, Gestores Culturais e Blogueiros

Local: Nova Olinda

 

22.  Fundação Memorial Patativa do Assaré

Projeto: O Canto do Patativa

Local: Assaré

 

23.  Conselho de Pais de Campos Sales

Projeto: Engenho dos Sons

Local: Campos Sales

 

MARANHÃO

24.  Centro Cultural e Educacional Mandingueiros do Amanhã

Projeto:Caravana mandingueiros do amanhã: levando cultura e transformação social

Local: São Luis

 

25.  Centro Integração Família Escola Comunidade

Projeto: Inclusão, cidadania e futuro: preparando cidadãos

Local: Açailândia

 

PARAÍBA

26.  Amazona – Associação de Prevenção à AIDS

Projeto: Nação Arco-Íris

Local: João Pessoa

 

PERNAMBUCO

27.  Centro Brasileiro da Criança e do Adolescente – Casa de Passagem

Projeto: Geração Cidadã

Local: Recife

 

28.  Centro Dom Hélder Câmara de Estudos e Ação Social – CENDHEC

Projeto: Projeto de proteção às crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e sexual

Local: Recife

 

29.  Centro Golfinho Rotador

Projeto: Programa de capacitação profissional Golfinho Rotador

Local: Fernando de Noronha

 

30.  Bagulhadores do Mió

Projeto: Escola Leitora

Local:Olinda

 

PIAUÍ

31.  Fundação Museu do Homem Americano

Projeto: Rádio Zabelê

Local: São Raimundo Nonato

 

RIO GRANDE DO NORTE

32.  Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva

Projeto: Sala de Apoio Pedagógico – SAP

Local: Natal

 

SERGIPE

33.  Instituto Pedagógico de Apoio à Educação do Surdo de Sergipe – IPAESE

Projeto: Fábrica de Artistas

Local: Aracaju

REGIÃO CENTRO-OESTE          

 

DISTRITO FEDERAL

34.  Instituto dos Direitos da Criança e do Adolescente – INDICA
Projeto: Projeto Bem-Me-Quer

Local: Brasília

 

35.  Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais e Deficientes de Taguatinga e Ceilândia – APAED

Projeto: Brincando com arte

Local: Ceilândia

 

36.  Ação Social Comunitária – AFMA

Projeto: A alegria de construir o amanhã

Local: Samambaia

 

37.  Assistência Social Casa Azul

Projeto: ASCABUM

Local: Samambaia

 

GOIÁS

38.  Espaço Cultural Vila Esperança

Projeto: Violências Culturais Ojó Ode e Porancê Poranga

Local: Goiás

 

39.  Movimento Terra Livre

Projeto: Centro Educacional Terra Livre

Local: Goiânia

 

MATO GROSSO DO SUL

40.  ECOA Ecologia e Ação

Projeto: Crianças das Águas – Pantanal: Identidade e cidadania

Local: Campo Grande

 

41.  Instituto de Desenvolvimento Evangélico – IDE

Projeto: Uns por Todos

Local: Campo Grande

 

 

MATO GROSSO

42.  Instituto Cultural Flauta Mágica

Projeto: A magia da arte transformando vidas

Local: Cuiabá

 

43.  Instituto dos Cegos do Estado de Mato Grosso – ICEMAT

Projeto: Construindo ideais através da acessibilidade

Local: Cuiabá

REGIÃO SUDESTE          

ESPÍRITO SANTO

44.  Centro Brasileiro de Desenvolvimento – CEBRADES

Projeto: Escola de Esportes e Cidadania

Local: Vitória

 

45.  Associação Pró-Casa do Menino

Projeto: Criança hoje, esperança amanhã

Local: Afonso Cláudio

 

MINAS GERAIS

46.  Sociedade Beneficente Anália Franco

Projeto: Adolescente Cidadã

Local: Ubá

 

47.  Fundação Guimarães Rosa

Projeto: Portas Abertas

Local: Belo Horizonte

 

48.  Casa de Acolhimento Luz da Eternidade

Projeto: Projeto Musical Admirável Mundo Novo

Local: Brumadinho

 

49.  Cooperativa Dedo de Gente

Projeto: Fabriquetas de Cidadania

Local:Curvelo

 

50.  Serviço Assistencial Salão do Encontro

Projeto: Gente pequena construindo um grande futuro – 2009

Local: Betim

 

RIO DE JANEIRO

51.  Associação Casa das Artes de Educação e Cultura

Projeto: Núcleo de Educação para as ciências em favelas do Rio de Janeiro – ano 2

Local: Rio de Janeiro

 

52.  Central Única das Favelas – CUFA

Projeto: Oficina de Grafite

Local: Rio de Janeiro

 

 

53.  Centro de Documentação e Informação Coisa de Mulher

Projeto: Dançando o presente e cantando o futuro

Local: Rio de Janeiro

 

54.  Associação Grupo Cultural Jongo da Serrinha

Projeto: Jongo TV

Local: Rio de Janeiro

 

55.  Casa do Menor São Miguel Arcanjo

Projeto: Oficina permanente de teatro-circo

Local: Nova Iguaçu

 

56.  Instituto Reação

Projeto: Reação 2009

Local: Rio de Janeiro

 

57.  Instituto Stimulu Brasil

Projeto: Cia Aplauso

Local: Rio de Janeiro

 

58.  Associação Childhope Brasil

Projeto: Papos com Hip-Hop

Local: Rio de Janeiro

 

 

SÃO PAULO

59.  Associação Fazendo História

Projeto: Fazendo Minha História

Local: São Paulo

 

60.  Fundação Faculdade de Medicina

Projeto: Caminho de Volta

Local: São Paulo

 

61.  Fundação Educacional Ipanema

Projeto: Oficina de Artes Sacras

Local: Sorocaba

 

62.  SOS Ação Mulher e Família

Projeto: Recriando vínculos com crianças, adolescentes e suas famílias

Local: Campinas

 

63.  Fundação José Lazzarini

Projeto: Oficina Pinóquio

Local: Batatais

REGIÃO SUL          

PARANÁ

64.  Instituto Social Vó Durvina

Projeto: Projeto de Qualificação Profissional Vó Durvina

Local: Curitiba

 

65.  Sociedade Filantrópica Semear de Medianeira-PR

Projeto: Semeando Leitores

Local: Medianeira

 

66.  Instituto Lixo e Cidadania

Projeto: Espaço da Cultura Jovem e Solidária

Local: Curitiba

 

67.  Associação de Proteção à Maternidade e à Infância

Projeto: Karatê – “Romper Barreiras”

Local: Sarandi

 

RIO GRANDE DO SUL

68.  Fundação Pensamento Digital

Projeto: Manutenção de Computadores para Geração de Renda

Local: Porto Alegre

 

69.  Grupo de Apoio a Prevenção da AIDS do Rio Grande do Sul – GAPA / RS

Projeto: Realidade de Rua: Hip-Hop Saúde

Local: Porto Alegre

 

70.  Centro de Formação Teresa Verzeri

Projeto: Expressão e Cidadania

Local: São Borja

 

71.  Patronato Santo Antônio

Projeto: Pão da Esperança

Local: Carazinho

 

 

SANTA CATARINA

72.  Associação Passos de Integração

Projeto: Acolher e cuidar

Local: Itajaí

 

73.  Bairro da Juventude dos Padres Rogacionistas

Projeto: Laboratórios Educativos – Uma Interação de Conhecimentos

Local: Criciúma

 

Além destes projetos, o Criança Esperança apóia também a Pastoral da Criança, projeto de abrangência nacional na área de prevenção da desnutrição e mortalidade infantil.

Mais informações www.criancaesperanca.com.br

Instituto Votorantim divulgou projetos selecionados

O Instituto Votorantim divulgou o resultado da terceira seleção pública do Programa de Democratização Cultural Votorantim, que analisou 2.151 projetos inscritos por proponentes de todo o Brasil. O investimento de R$ 4 milhões será destinado a 16 projetos das mais diversas áreas culturais e de todas as regiões do País. Todas as propostas têm a democratização cultural como eixo central.

 

Os novos projetos selecionados para 2009 foran os seguintes:

Ação Educativa do Instituto Cultural Inhotim
Minas Gerais

Projeto que promove o acesso qualificado e visitação continuada ao Museu de Inhotim, criado em 2005, e que possui um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do País, além de uma extensa coleção botânica. Trata-se de um programa de interlocução com a rede pública de ensino, que abrange a formação de 100 professores de Brumadinho e região, além de visitação escolar de 3 mil alunos de baixa renda, preferencialmente do Ensino Médio (de 15 a 18 anos).

     

Centro de Movimento Deborah Colker
Rio de Janeiro

    

Centro de Movimento Deborah Colker
Rio de Janeiro

Companhia referência mundial na área de dança, que promoverá a criação de um grupo de dança composto por 15 jovens em situação de vulnerabilidade social, com idades entre 15 e 24 anos. O projeto contempla a formação artística dos jovens, produção de espetáculo e realização de apresentações a preços populares.


     

Concertos Didáticos – Quarteto Radamés Gnattali
Acre, Piauí e Mato Grosso

   

Concertos Didáticos – Quarteto Radamés Gnattali
Acre, Piauí e Mato Grosso

Projeto de quarteto de cordas formado por músicos premiados, que integram posições de liderança nas principais orquestras sinfônicas brasileiras. O projeto viabiliza a apresentação de concertos didáticos de música erudita em escolas públicas de 15 cidades, visando traçar uma breve história da música clássica nacional e internacional. Atingirá cerca de 3 mil jovens.

     

Conexão Felipe Camarão
Rio Grande do Norte

    

Conexão Felipe Camarão
Rio Grande do Norte

Projeto que integra 400 jovens em ações baseadas na cultura de tradição oral, a partir dos patrimônios imateriais locais. Prevê a implantação do Núcleo de Teatro e Núcleo de Figurinos e Adereços, para formação de 200 jovens como agentes culturais da região.

     

Ensaiando um País Melhor!
São Paulo

    

Ensaiando um País Melhor!
São Paulo

Projeto existente desde 2005, beneficiando mais de 10 mil pessoas. Sagrou-se vencedor do prêmio TOP SOCIAL 2008, entregue pela ADVB-RJ. O projeto visa a formação de público para o teatro, oferecida gratuitamente para 50 educadores e 2 mil alunos. Aos educadores, é oferecido um espaço para reflexão de novos usos do teatro em sala de aula. Para os alunos, oficinas lúdicas de preparação para assistir a um espetáculo, seguidas de discussão.

     

Entrando na Dança – Associação Cultural Panorama
Rio de Janeiro

    

Entrando na Dança – Associação Cultural Panorama
Rio de Janeiro

Patrocínio às ações de formação do Festival Panorama de Dança, considerado referência na produção, promoção e reflexão sobre a dança. O projeto consiste em módulos mensais de workshops com duração de uma semana, atingindo 720 jovens de 15 a 24 anos. Os workshops serão seguidos de 48 apresentações em quatro localidades diferentes, atingindo 12 mil pessoas, das classes C, D e E. O projeto também prevê a capacitação de 10 monitores nas comunidades.

     

Expedições Patrimoniais
Bahia

   

Expedições Patrimoniais
Bahia

Formação artístico-cultural na área de patrimônio e capacitação de 240 jovens, de 15 a 25 anos, cursando Ensino Fundamental e Médio, para mediação cultural nas localidades onde residem. O projeto prevê a instalação de exposição itinerante nas cidades, sobre o patrimônio cultural da Bahia.

     

10º Festival de Jazz e Blues de Guaramiranga
Ceará

    

10º Festival de Jazz e Blues de Guaramiranga
Ceará

Patrocínio ao segmento artístico-pedagógico de um dos mais importantes festivais brasileiros de música, reconhecido por sua qualidade artística e musical. Em sua 10ª edição, o festival contará com mais de 40 apresentações em teatros e praças públicas, além de oficinas, workshops, exposições e outras atividades.

     

5º Festival de Jovens Realizadores do Audiovisual da América do Sul
Espírito Santo

    

5º Festival de Jovens Realizadores do Audiovisual da América do Sul
Espírito Santo

Festival audiovisual com foco no público jovem. Engloba desde a criação de produções audiovisuais, organização do evento, até a participação no júri de seleção. Trata-se de mostra de filmes e vídeos produzidos por jovens latino-americanos de até 24 anos, participantes de projetos sociais e culturais que atuam na área audiovisual. O Festival oferece oficinas, encontros e palestras, atingindo 4 mil pessoas.

     

Filarmônica Nossa Senhora da Conceição
Sergipe

  

Filarmônica Nossa Senhora da Conceição
Sergipe

O projeto tem como objetivo a continuidade do trabalho centenário da instituição musical mais antiga do País. Contempla a contratação de 10 professores, formação de 30 músicos monitores, além de estruturação do atendimento aos 500 alunos atuais.

     

Formação de Palhaço para Jovens – Doutores da Alegria
São Paulo

    

Formação de Palhaço para Jovens – Doutores da Alegria
São Paulo

Projeto do grupo Doutores da Alegria, que há 17 anos realiza trabalho artístico de referência em hospitais. O projeto visa a formação artística com ênfase na linguagem do palhaço, para 25 jovens entre 17 e 23 anos, provenientes de regiões periféricas de São Paulo. A formação contempla a ampliação de repertório, capacitação e inserção no mercado de trabalho.

     

Fotolibras – Eduardo Queiroga
Pernambuco

    

Fotolibras – Eduardo Queiroga
Pernambuco

Projeto existente desde 2006, sendo administrado pela Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos, em parceria com importantes instituições internacionais. Trata-se de um curso de fotografia participativa com 30 jovens surdos e 10 multiplicadores. Prevê a elaboração de ensaios fotográficos sobre a realidade e a cultura surda, o fortalecimento das ações de multiplicadores do projeto, e a realização de oficinas de fotografia no interior do estado de Pernambuco.

     

Oficinas Itinerantes Vídeo Tela Brasil
São Paulo e Rio de Janeiro

    

Oficinas Itinerantes Vídeo Tela Brasil
São Paulo e Rio de Janeiro

Projeto existente desde 2004, com envolvimento de profissionais reconhecidos no meio audiovisual, como Laís Bodansky, João Moreira Salles e Cao Hambúrguer. Trata-se da realização de oficinas com duração de 4 finais de semana, em seis comunidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O projeto visa oferecer ferramentas de criação e expressão audiovisual, contemplando a produção de 3 curtas por comunidade e palestras de roteiristas ou diretores de renome. Serão atendidos 25 jovens de baixa renda em cada oficina.


     

Planeta Música
Santa Catarina

   

Planeta Música
Santa Catarina

Projeto de difusão da música erudita, com importante estratégia de mediação com público jovem. Realização de oito concertos didáticos da Orquestra de Cordas Catarinense, em escolas públicas participantes do Programa Escola Aberta para a Cidadania. O concerto conta com apresentação dos instrumentos e da biografia dos compositores. Abertos ao público em geral, atinge uma média de 400 pessoas por apresentação.

     

Teatro Laboratório para Imaginação Social – Ói Nóis Aqui Traveiz
Rio Grande do Sul

 

Teatro Laboratório para Imaginação Social – Ói Nóis Aqui Traveiz
Rio Grande do Sul

Projeto de grupo teatral com 30 anos de atuação e diversas iniciativas desenvolvidas, com linguagem popular e acessível de teatro de rua. Realização de oficinas para formação de atores, teatro de rua e teatro livre. Engloba o estímulo à formação de grupos na comunidade e a promoção de circuito de 30 apresentações de jogos de aprendizagem. Prevê o envolvimento de 1.500 pessoas.

     

Viva Villa
Rio de Janeiro

    

Viva Villa
Rio de Janeiro

Exposição gratuita sobre Villa-Lobos, a ser realizada no Arquivo Nacional, que contará com cenografia, artes plásticas, grafismos, cinema e música, retratando a trajetória de vida do maestro. A exposição contará com 20 jovens monitores, que visitarão escolas, projetos e ONGs, atingindo 160 mil jovens.

 

Mais informações http://www.democratizacaocultural.com.br/Paginas/Home.aspx

Instituto C&A seleciona projetos

O Instituto C&A iniciou em 11 de novembro o processo de seleção de projetos para apoio no exercício orçamentário de 2009/2010 (março de 2009 a fevereiro de 2010). A organização seleciona projetos vinculados aos programas Prazer em Ler e Desenvolvimento Institucional. Os procedimentos para solicitação de apoio estão descritos em dois editais publicados na seção Apoio a Projetos do site do Instituto C&A.

Para se inscrever, as organizações deverão preencher o formulário de apresentação de projetos, disponível também na seção Apoio a Projetos. As propostas deverão ser enviadas por via de Sedex. A data-limite para postagem é 6 de dezembro de 2008.
 
As solicitações de apoio encaminhadas serão analisadas conforme cronograma estipulado nos editais. A relação de apoiados será divulgada no site do Instituto C&A até as 20h do dia 10 de fevereiro de 2009.
Edital Prazer em Ler
Edital Desenvolvimento Institucional
Formulário para apresentação de projetos
Mais informações no site do próprio Instituto www.institutocea.org.br ou no site dos programas:
Prazer em  Ler
Desenvolvimento Institucional

Bolsa de Valores Sociais e Ambientais

A Bolsa de Valores de São Paulo – BOVESPA abre as portas da Bolsa de Valores Sociais e Ambientais. A BVS&A trás a vantagem de ajudar na difusão e promoção de conceitos importantes, como a responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade empresarial. É um exemplo concreto de como a sociedade civil pode participar da construção da cidadania.

A Bolsa de Valores Sociais e Ambientais surgiu para permitir que Programas e Projetos na área de Educação e Meio Ambiente sejam levados a investidores, empresas ou pessoas físicas que, ao adquirirem ações socioambientais desses Projetos, possibilitem sua manutenção, ampliação e implementação.

Comprando ações socioambientais, o investidor socioambiental vai favorecer diretamente o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens de famílias de baixa renda, ajudando a estimular atitudes e desenvolver habilidades que os tornarão mais capazes para a participação social cidadã e para a vida produtiva, além de promover o seu bom desenvolvimento físico, afetivo, cultural e cognitivo.

Regulamento

http://www.bovespasocial.org.br/InstDownload/RegulamentoUnificado.pdf

Ficha de Inscrição – área social

http://www.bovespasocial.org.br/InstDownload/Ficha_Inscricao_Social_BVSA.doc

Ficha de Inscrição – área ambiental

http://www.bovespasocial.org.br/InstDownload/Ficha_Inscricao_Ambiental_BVSA.doc

Mais informações

http://www.bovespasocial.org.br

Prêmio de Ludicidade / Pontinhos de Cultura

A União, por intermédio do Ministério da Cultura, neste ato representada pela Secretaria de Programas e Projetos Culturais do Ministério da Cultura – SPPC/MinC, no uso de suas atribuições legais, em cumprimento ao disposto na alínea “b”, Inciso I, do Art. 3º da Lei nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991, torna público o presente Edital de seleção e concessão do Prêmio de Ludicidade / Pontinhos de Cultura.

 

A Ação Ludicidade / Espaços do Brincar tem como objetivo promover uma política nacional de transmissão e preservação da Cultura da Infância, por meio de ações que fortaleçam os direitos da criança segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, sensibilizando e capacitando profissionais de instituições públicas governamentais e não governamentais para a implantação e/ou continuidade de ações lúdicas em espaços denominados “Pontinhos de Cultura”.

 

O Prêmio Ludicidade / Pontinhos de Cultura tem como objetivo premiar entidade sem fins lucrativos, legalmente constituídas, e instituições governamentais estaduais, distritais e municipais que atuam com propostas sócio-cultural-artístico-educacionais que assegurem os direitos das crianças e adolescentes segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente.

 

O Edital conceder até 200 (duzentos) prêmios no valor de R$ 18.000,00 (dezoito mil reais) cada a entidades sem fins lucrativos, legalmente constituídas, e instituições governamentais estaduais, distritais e municipais que atuem na(s) área(s) sócio-cultural-artístico-educacionais no seguimento da Criança e Adolescente ou que estejam envolvidos em parceria com escolas, universidades públicas ou demais instituições com o objetivo de promover uma política nacional de transmissão e preservação da Cultura da Infância e da adolescência, por meio de projetos e ações que assegurem seus direitos segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, principalmente no que se refere ao capítulo II.

 

“Capítulo II – Do Direito à Liberdade, ao Respeito e à Dignidade

Art. 15. A criança e o adolescente têm direito à liberdade, ao respeito e à dignidade como pessoas humanas em processo de desenvolvimento e como sujeitos de direitos civis, humanos e sociais garantidos na Constituição e nas leis.

Art. 16. O direito à liberdade compreende os seguintes aspectos:

I – ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços comunitários, ressalvadas as restrições legais;

II – opinião e expressão;

III – crença e culto religioso;

IV – brincar, praticar esportes e divertir-se;

V – participar da vida familiar e comunitária, sem discriminação;

VI – participar da vida política, na forma da lei;

VII – buscar refúgio, auxílio e orientação.

Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.”

 

Os proponente que desejarem participar do processo de seleção do Prêmio Ludicidade – Pontinhos de Cultura deverão inscrever uma iniciativa sócio-cultural-artístico-educacionais relacionadas com os saberes e fazeres da Cultura da Infância, sejam realizadas em parceria com entidades que atuam tenham como objetivo promover uma política nacional de transmissão e preservação da Cultura da Infância.

 

As inscrições  deverão ser enviados à Comissão de Avaliação do Prêmio Ludicidade / Pontinhos de Cultura, impressos e assinados, no período de 24 de setembro de 2008 a 08 de novembro de 2008, fazendo constar do endereçamento:

 

PRÊMIO LUDICIDADE / PONTINHOS DE CULTURA

COMISSÃO DE AVALIAÇÃO

Caixa Postal nº 8775 – SHS – Quadra 02 – Bloco B

CEP: 70.312-970 – Brasília / DF

 

 

 

 

Edital

http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/09/edital_ludicidade_publicado.pdf

Formulário

http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/09/anexo-2_formulario.doc

Requerimento

http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/09/anexo-1_requerimento.doc

Declaração

http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2008/09/anexo-3_declaracao.doc