Fundo Internacional para a Diversidade Cultural da UNESCO financia projetos

O Fundo Internacional para a Diversidade Cultural da UNESCO, financia projetos que promovam a emergência de um setor cultural dinâmico em nível nacional e/ou local em países em desenvolvimento. ONGs podem solicitar até cem mil dólares.

Em 21 de março de 2013 o FIDC lançou a quarta convocatória de solicitações de financiamento para projetos e de assistência preparatória que tenham por objetivo propiciar a criação de um setor cultural dinâmico nacional ou local, principalmente que facilitem a introdução de novas politicas culturais e que reforcem aquelas existentes.

Podem participar as autoridades governamentais e ongs de países de desenvolvimento que sejam partes da Convenção de 2005 sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais como as ONG internacionais.

Nesta quarta convocatória vai prestar uma atenção especial aos projetos que tenham como objetivo o fortalecimento das capacidades das políticas culturais, entendidas como aquelas politicas desenhadas para ter um efeito direto na criação, produção, difusão, distribuição e acesso as atividades, bens e serviços culturais.

Mais informações:

http://www.unesco.org/new/es/culture/themes/cultural-diversity/diversity-of-cultural-expressions/international-fund/

 

Natura seleciona projetos artísticos

Revelar a alma brasileira

Promover nossas raízes

Estimular o diálogo entre ritmos

Difundir a música que toca e que se transforma

 

Se você tem um projeto inédito, que valorize a música brasileira, participe do programa que já apoiou mais de 200 iniciativas por todo o país. Serão aceitos projetos das diferentes áreas artísticas, desde que tenham a música como eixo principal. Devido a um Termo de Cooperação entre nós e o Ministério da Cultura, não é mais necessária a aprovação na Lei Rouanet ou Lei do Audiovisual no momento de inscrição no edital.  

Inscrições: de 21 de maio a 28 de junho de 2013

 

PARTICIPE!

 1) Leia o Regulamento.

 2) INSCREVA-SE: clique em dos Formulários de Inscrição abaixo, de acordo com a modalidade do seu projeto:

 Lançamento de Novos Trabalhos

Formação, Documentação e Legado Musical

 3) Baixe, preencha e anexe o modelo de Planilha de Orçamento.

 

Editais Prêmio Economia Criativa

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria da Economia Criativa (em estruturação) publicou dois editais do Prêmio Economia Criativa no dia 30 de dezembro de 2011, no Diário oficial da União (Seção 3 página de 29 a 31) e inscrições vão de 13 de fevereiro a 30 de março. Foi publicada também uma retificação no nome do Prêmio, no DOU de 14/02/2012.

O Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras irá identificar, reconhecer, fomentar e difundir as iniciativas empreendedoras e inovadoras da sociedade civil atuantes nos setores criativos. Serão premiadas 150 iniciativas selecionadas nas seguintes categorias: Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos e Formação para Competências Criativas. A premiação será de R$ 3,6 milhões.

Já o Edital de Apoio à Pesquisa em Economia Criativa selecionará estudos e pesquisas acerca de temas da economia criativa nos contextos macroeconômico e legal-institucional brasileiros. Serão agraciadas 22 pesquisas. O apoio destina-se a pesquisadores da área acadêmica com atuação na área da pesquisa. A premiação será de R$ 810 mil reais divididos em três categorias: Teses – Doutorado; Dissertações – Mestrado e Produção em grupo.

As inscrições serão realizadas até as 23h59 do dia 30 de março de 2012, pelos seguintes meios:

a) Pela internet, através do Formulário de Inscrição disponível abaixo;

b) Pelos Correios, obrigatoriamente por meio de correspondência registrada e
prioritariamente por SEDEX, fazendo constar no campo “Destinatário” o endereço:

PRÊMIO ECONOMIA CRIATIVA
EDITAL DE APOIO À ESTUDOS E PESQUISAS EM ECONOMIA CRIATIVA
INSCRIÇÃO / (nome da Categoria)
Secretaria da Identidade e Diversidade Cultural – SID
SCS, Quadra 9, Lote “C”,
Edifício Parque Cidade Corporate , Torre B , 11º andar
Brasília DF – CEP 70.308-200

Não serão consideradas inscrições eletrônicas ou postadas nos Correios após a
data/horário limite, sendo que no caso da postagem nos Correios
valerá data e horário registrados no comprovante oferecido pela Empresa.

O proponente deverá realizar sua inscrição pelos Correios, somente no caso da
impossibilidade de realizá-la por meio eletrônico, via internet.

Acesse a Cartilha explicativa do Prêmio Economia Criativa.

 

Confira abaixo os editais e os respectivos formulários para inscrição:

 

  • Edital de Apoio à Pesquisa em Economia Criativa

Acesse aqui o edital

Acesse aqui o formulário de inscrição.

Acesse aqui o Termo de Compromisso

Acesse aqui o Recurso de Habilitação

 

  • Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras

Acesse aqui o edital.

Acesse aqui o formulário de inscrição.

Acesse aqui o formulário para recurso.

Acesse aqui o Termo de Licenciamento de Uso.

Acesse aqui o Glossário.

Acesse aqui a Declaração.

Acesse aqui a Procuração.

Acesse o Salicweb

 

Fonte: Minc

Instituto Votorantim divulgou projetos selecionados

O Instituto Votorantim divulgou o resultado da terceira seleção pública do Programa de Democratização Cultural Votorantim, que analisou 2.151 projetos inscritos por proponentes de todo o Brasil. O investimento de R$ 4 milhões será destinado a 16 projetos das mais diversas áreas culturais e de todas as regiões do País. Todas as propostas têm a democratização cultural como eixo central.

 

Os novos projetos selecionados para 2009 foran os seguintes:

Ação Educativa do Instituto Cultural Inhotim
Minas Gerais

Projeto que promove o acesso qualificado e visitação continuada ao Museu de Inhotim, criado em 2005, e que possui um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do País, além de uma extensa coleção botânica. Trata-se de um programa de interlocução com a rede pública de ensino, que abrange a formação de 100 professores de Brumadinho e região, além de visitação escolar de 3 mil alunos de baixa renda, preferencialmente do Ensino Médio (de 15 a 18 anos).

     

Centro de Movimento Deborah Colker
Rio de Janeiro

    

Centro de Movimento Deborah Colker
Rio de Janeiro

Companhia referência mundial na área de dança, que promoverá a criação de um grupo de dança composto por 15 jovens em situação de vulnerabilidade social, com idades entre 15 e 24 anos. O projeto contempla a formação artística dos jovens, produção de espetáculo e realização de apresentações a preços populares.


     

Concertos Didáticos – Quarteto Radamés Gnattali
Acre, Piauí e Mato Grosso

   

Concertos Didáticos – Quarteto Radamés Gnattali
Acre, Piauí e Mato Grosso

Projeto de quarteto de cordas formado por músicos premiados, que integram posições de liderança nas principais orquestras sinfônicas brasileiras. O projeto viabiliza a apresentação de concertos didáticos de música erudita em escolas públicas de 15 cidades, visando traçar uma breve história da música clássica nacional e internacional. Atingirá cerca de 3 mil jovens.

     

Conexão Felipe Camarão
Rio Grande do Norte

    

Conexão Felipe Camarão
Rio Grande do Norte

Projeto que integra 400 jovens em ações baseadas na cultura de tradição oral, a partir dos patrimônios imateriais locais. Prevê a implantação do Núcleo de Teatro e Núcleo de Figurinos e Adereços, para formação de 200 jovens como agentes culturais da região.

     

Ensaiando um País Melhor!
São Paulo

    

Ensaiando um País Melhor!
São Paulo

Projeto existente desde 2005, beneficiando mais de 10 mil pessoas. Sagrou-se vencedor do prêmio TOP SOCIAL 2008, entregue pela ADVB-RJ. O projeto visa a formação de público para o teatro, oferecida gratuitamente para 50 educadores e 2 mil alunos. Aos educadores, é oferecido um espaço para reflexão de novos usos do teatro em sala de aula. Para os alunos, oficinas lúdicas de preparação para assistir a um espetáculo, seguidas de discussão.

     

Entrando na Dança – Associação Cultural Panorama
Rio de Janeiro

    

Entrando na Dança – Associação Cultural Panorama
Rio de Janeiro

Patrocínio às ações de formação do Festival Panorama de Dança, considerado referência na produção, promoção e reflexão sobre a dança. O projeto consiste em módulos mensais de workshops com duração de uma semana, atingindo 720 jovens de 15 a 24 anos. Os workshops serão seguidos de 48 apresentações em quatro localidades diferentes, atingindo 12 mil pessoas, das classes C, D e E. O projeto também prevê a capacitação de 10 monitores nas comunidades.

     

Expedições Patrimoniais
Bahia

   

Expedições Patrimoniais
Bahia

Formação artístico-cultural na área de patrimônio e capacitação de 240 jovens, de 15 a 25 anos, cursando Ensino Fundamental e Médio, para mediação cultural nas localidades onde residem. O projeto prevê a instalação de exposição itinerante nas cidades, sobre o patrimônio cultural da Bahia.

     

10º Festival de Jazz e Blues de Guaramiranga
Ceará

    

10º Festival de Jazz e Blues de Guaramiranga
Ceará

Patrocínio ao segmento artístico-pedagógico de um dos mais importantes festivais brasileiros de música, reconhecido por sua qualidade artística e musical. Em sua 10ª edição, o festival contará com mais de 40 apresentações em teatros e praças públicas, além de oficinas, workshops, exposições e outras atividades.

     

5º Festival de Jovens Realizadores do Audiovisual da América do Sul
Espírito Santo

    

5º Festival de Jovens Realizadores do Audiovisual da América do Sul
Espírito Santo

Festival audiovisual com foco no público jovem. Engloba desde a criação de produções audiovisuais, organização do evento, até a participação no júri de seleção. Trata-se de mostra de filmes e vídeos produzidos por jovens latino-americanos de até 24 anos, participantes de projetos sociais e culturais que atuam na área audiovisual. O Festival oferece oficinas, encontros e palestras, atingindo 4 mil pessoas.

     

Filarmônica Nossa Senhora da Conceição
Sergipe

  

Filarmônica Nossa Senhora da Conceição
Sergipe

O projeto tem como objetivo a continuidade do trabalho centenário da instituição musical mais antiga do País. Contempla a contratação de 10 professores, formação de 30 músicos monitores, além de estruturação do atendimento aos 500 alunos atuais.

     

Formação de Palhaço para Jovens – Doutores da Alegria
São Paulo

    

Formação de Palhaço para Jovens – Doutores da Alegria
São Paulo

Projeto do grupo Doutores da Alegria, que há 17 anos realiza trabalho artístico de referência em hospitais. O projeto visa a formação artística com ênfase na linguagem do palhaço, para 25 jovens entre 17 e 23 anos, provenientes de regiões periféricas de São Paulo. A formação contempla a ampliação de repertório, capacitação e inserção no mercado de trabalho.

     

Fotolibras – Eduardo Queiroga
Pernambuco

    

Fotolibras – Eduardo Queiroga
Pernambuco

Projeto existente desde 2006, sendo administrado pela Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos, em parceria com importantes instituições internacionais. Trata-se de um curso de fotografia participativa com 30 jovens surdos e 10 multiplicadores. Prevê a elaboração de ensaios fotográficos sobre a realidade e a cultura surda, o fortalecimento das ações de multiplicadores do projeto, e a realização de oficinas de fotografia no interior do estado de Pernambuco.

     

Oficinas Itinerantes Vídeo Tela Brasil
São Paulo e Rio de Janeiro

    

Oficinas Itinerantes Vídeo Tela Brasil
São Paulo e Rio de Janeiro

Projeto existente desde 2004, com envolvimento de profissionais reconhecidos no meio audiovisual, como Laís Bodansky, João Moreira Salles e Cao Hambúrguer. Trata-se da realização de oficinas com duração de 4 finais de semana, em seis comunidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O projeto visa oferecer ferramentas de criação e expressão audiovisual, contemplando a produção de 3 curtas por comunidade e palestras de roteiristas ou diretores de renome. Serão atendidos 25 jovens de baixa renda em cada oficina.


     

Planeta Música
Santa Catarina

   

Planeta Música
Santa Catarina

Projeto de difusão da música erudita, com importante estratégia de mediação com público jovem. Realização de oito concertos didáticos da Orquestra de Cordas Catarinense, em escolas públicas participantes do Programa Escola Aberta para a Cidadania. O concerto conta com apresentação dos instrumentos e da biografia dos compositores. Abertos ao público em geral, atinge uma média de 400 pessoas por apresentação.

     

Teatro Laboratório para Imaginação Social – Ói Nóis Aqui Traveiz
Rio Grande do Sul

 

Teatro Laboratório para Imaginação Social – Ói Nóis Aqui Traveiz
Rio Grande do Sul

Projeto de grupo teatral com 30 anos de atuação e diversas iniciativas desenvolvidas, com linguagem popular e acessível de teatro de rua. Realização de oficinas para formação de atores, teatro de rua e teatro livre. Engloba o estímulo à formação de grupos na comunidade e a promoção de circuito de 30 apresentações de jogos de aprendizagem. Prevê o envolvimento de 1.500 pessoas.

     

Viva Villa
Rio de Janeiro

    

Viva Villa
Rio de Janeiro

Exposição gratuita sobre Villa-Lobos, a ser realizada no Arquivo Nacional, que contará com cenografia, artes plásticas, grafismos, cinema e música, retratando a trajetória de vida do maestro. A exposição contará com 20 jovens monitores, que visitarão escolas, projetos e ONGs, atingindo 160 mil jovens.

 

Mais informações http://www.democratizacaocultural.com.br/Paginas/Home.aspx

Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados

O Programa Oi de Patrocínios culturais incentivados está presente em vários estados brasileiros, levando cultura a muitas pessoas.

A Oi valoriza iniciativas que tenham conceitos como identidade, acesso, desenvolvimento, expressão e inovação.

IDENTIDADE

As diversidades regionais. A valorização de talentos e sotaques. A cultura como retrato do Brasil.

ACESSO

Formação de novas platéias. Agenda cultural para todos. A cultura como conquista da cidadania.

DESENVOLVIMENTO

Geração de renda e novas oportunidades de mercado.Formação de profissionais e artistas. A cultura como fomento.

EXPRESSÃO

Linguagens artísticas plurais. Intercâmbio de idéias. A cultura como liberdade.

INOVAÇÃO

Convergência de novas tecnologias. Atitude. A cultura como poder transformador.

Envie seu projeto preenchendo o formulário. Os resultados da seleção estarão disponíveis no primeiro trimestre de 2009.

Os valores a serem investidos em cada projeto serão informados posteriormente aos proponentes selecionados.

Os projetos terão a confirmação do patrocínio condicionada à apresentação do certificado/aprovação válidos nas leis de incentivo à cultura federal e/ou estadual e/ou municipal.

Para fazer a inscrição acesso ao link abaixo.

http://www.oifuturo.org.br/pc/2008/site/login.asp

Funarte lança terceira edição do Prêmio de Teatro Myriam Muniz

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) lança, nesta segunda-feira, dia 15 de setembro de 2008, o edital da terceira edição do Prêmio de Teatro Myriam Muniz, que, com patrocínio da Petrobras, viabilizará a realização de 166 projetos voltados para o desenvolvimento de atividades artísticas na área de teatro, em todas as suas modalidades. Os prêmios variam de R$ 20 mil a R$ 100 mil e serão distribuídos entre selecionados em duas categorias: montagem de espetáculos e manutenção de programas de grupos ou companhias de teatro. Com investimento total de R$ 7 milhões, o Prêmio Myriam Muniz beneficiará todos os estados brasileiros. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 30 de outubro, pelo correio.

Artistas, produtores, grupos ou companhias teatrais que quiserem participar do processo seletivo devem enviar à sede da Funarte os seguintes documentos: ficha de inscrição preenchida; currículo; apresentação, objetivo e justificativa do projeto a ser desenvolvido; ficha técnica básica, com os nomes da equipe de direção e do elenco; declarações de participação e currículos dos profissionais envolvidos; cronograma de desenvolvimento das atividades previstas; orçamento detalhado; planejamento de ações que favoreçam o acesso do público ao produto final apresentado; descrição da temática a ser abordada, sua metodologia e desenvolvimento, quando se tratar de criação coletiva ou processo colaborativo, no caso específico da categoria montagem; outros materiais que possam acrescentar dados sobre o projeto.

A avaliação dos projetos caberá às Comissões de Seleção, compostas por três membros de notório saber na área teatral. Ao todo, cinco comissões serão formadas, uma para cada região do país. Serão analisados o currículo do proponente; a qualidade e originalidade do projeto; a importância das atividades previstas para o contexto artístico do estado em que concorre; o planejamento de ações para tornar o produto final acessível ao público; a consistência, coerência e metodologia no planejamento de execução das idéias.

Desde a sua criação, em 2006, o Prêmio de Teatro Myriam Muniz já beneficiou 495 companhias ou grupos teatrais brasileiros. O nome do prêmio é uma homenagem à atriz Myriam Muniz (1931-2004), que fez parte da geração precursora do Teatro de Arena. Reconhecida por interpretações marcantes no teatro e no cinema, a artista dedicou os últimos anos de sua carreira à formação de novos talentos.

Edital – http://www.funarte.gov.br/download/2008/edital_mmuniz08.pdf

Ficha de inscrição – http://www.funarte.gov.br/download/2008/ficha_mmuniz08.rtf

Mais informações: editaisteatro@funarte.gov.br

Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2008 viabilizará 69 projetos de dança

A Fundação Nacional de Artes (Funarte) lança, nesta segunda-feira, dia 15 de setembro de 2008, o edital da terceira edição do Prêmio de Dança Klauss Vianna, que, com patrocínio da Petrobras, viabilizará a realização de 69 projetos voltados para o desenvolvimento de atividades artísticas na área de dança. Os prêmios, que variam de R$ 20 mil a R$ 80 mil, serão distribuídos entre selecionados em duas categorias: montagem de espetáculos e manutenção de programas de grupos ou companhias de dança. Com investimento total de R$ 3 milhões, o Prêmio Klauss Vianna beneficiará todos os estados brasileiros. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 30 de outubro, pelo correio.

Artistas, produtores, grupos ou companhias de dança que quiserem participar do processo seletivo devem enviar à Funarte (RJ) os seguintes documentos: ficha de inscrição preenchida; currículo; apresentação, objetivo e justificativa do projeto a ser desenvolvido; ficha técnica básica, com os nomes da equipe de direção e do elenco; declarações de participação e currículos dos profissionais envolvidos; cronograma de desenvolvimento das atividades previstas; orçamento detalhado; planejamento de ações que favoreçam o acesso do público ao produto final apresentado; descrição da temática a ser abordada, sua metodologia e desenvolvimento, quando se tratar de criação coletiva ou processo colaborativo, no caso específico da categoria montagem; outros materiais que possam acrescentar dados sobre o projeto.

A avaliação dos projetos caberá a Comissões de Seleção compostas por três membros de notório saber na área de dança. Ao todo, cinco comissões serão formadas, uma para cada região do país. Serão analisados o currículo do proponente; a qualidade e originalidade do projeto; a importância das atividades previstas para o contexto artístico do estado em que concorre; o planejamento de ações para tornar o produto final acessível ao público; a consistência, coerência e metodologia no planejamento de execução das idéias.

Segundo a diretora do Centro de Artes Cênicas da Funarte, Claudia D’Mutti, em 2008, a Fundação dá continuidade à proposta de descentralizar suas ações, mantendo o edital do Prêmio Klauss Vianna dividido por estados, com diferentes patamares financeiros. “Nosso objetivo é estimular o aumento do número de projetos inscritos e a descentralização do investimento”, explica.

Desde a criação do Prêmio de Dança Klauss Vianna, em 2006, já beneficiou 199 companhias ou grupos de dança brasileiros. O nome do prêmio homenageia o bailarino Klauss Vianna (1928-1992), professor e criador de um método próprio, precursor da preparação corporal para atores e bailarinos no Brasil. 

Edital – http://www.funarte.gov.br/download/2008/edital_kvianna08.pdf

Ficha de Inscrição – http://www.funarte.gov.br/download/2008/ficha_kvianna08.rtf

Mais informações: editaisdanca@funarte.gov.br

Publicado em http://www.funarte.gov.br