Microprojetos Mais Cultura

Estão abertas até o dia 11 de junho as inscrições para o Programa Microprojetos Mais Cultura – Amazônia Legal. O edital, voltado para jovens entre 17 e 29 anos de idade residentes nessa região, vai contemplar 12 segmentos: artes visuais, artes cênicas, música, literatura, audiovisual, artes integradas, artesanato, cultura afro-brasileira, cultura popular, cultura indígena, design e moda.  

Cada iniciativa receberá de um a 35 salários mínimos. Ao todo, serão selecionados 772 projetos e o investimento para viabilizá-los é de R$ 13,8 milhões. Coordenado pela Secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura (SAI/MinC) e pela Funarte, o Microprojetos Mais Cultura conta com um investimento total de R$ 15,1 milhões.

O Ministério da Cultura, por meio do Programa Mais Cultura, investirá R$ 13,8 milhões para financiar projetos culturais nos nove estados da região amazônica – Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

A ação visa promover a diversidade cultural da Amazônia Legal por meio do financiamento não reembolsável de projetos de artistas, grupos artísticos independentes e produtores culturais. As iniciativas deverão ter como beneficiários jovens entre 17 e 29 anos residentes em localidades da região.

Essa é a segunda edição do Microprojetos Mais Cultura. A primeira, executada em 2009, contemplou 1.200 projetos da região do semiárido com valores entre um e 30 salários mínimos. Em 2010, o teto por projeto foi ampliado em cinco salários mínimos (35 salários mínimos) para atender o “custo amazônico”, uma das principais deliberações da II Conferência Nacional de Cultura, realizada no último mês de março, em Brasília.

Outra novidade da iniciativa é a possibilidade de inscrição oral de projetos. A medida visa facilitar e democratizar o acesso ao edital. Serão aceitas inscrições gravadas em meio digital ou fita cassete. Conforme esclarece a secretária de Articulação Institucional do MinC e coordenadora executiva do Mais Cultura, Silvana Meireles, esse é o primeiro edital da Pasta para apoiar projetos culturais da Amazônia Legal.
“Trata-se de uma região de grande riqueza cultural, mas historicamente sem acesso a financiamento para pequenas produções. Além disso, estamos incorporando o ‘custo amazônico’ nas ações do Ministério e contribuindo para promover a cidadania de milhares de jovens da região amazônica”, destaca. Silvana Meireles aponta, ainda, a importância da ação para o desenvolvimento regional: “a cultura gera oportunidades, desenvolve a cidadania e a economia local”.

O Edital do Programa Mais Cultura de Apoio a Microprojetos voltado para municípios integrantes da Amazônia Legal será executado em conjunto pela Secretaria de Articulação Institucional (SAI/MinC) e a Fundação Nacional de Artes (Funarte/MinC), com a parceria do Banco da Amazônia (BASA) e dos governos estaduais da região amazônica.

Inscrições
Abertas até 11 de junho, as inscrições são gratuitas e podem participar pessoas físicas com idade superior ou igual a 18 anos completos e pessoas jurídicas sem fins lucrativos que desenvolvam projetos socioculturais nos segmentos de artes visuais, artes cênicas, música, literatura, audiovisual, artesanato, cultura afro-brasileira, cultura popular, cultura indígena, design, moda e artes integradas (ações que não se enquadrem nas áreas anteriores ou que contemplem mais de uma área artística na mesma proposta). As propostas deverão ser enviadas pelos Correios com o seguinte endereçamento:
Programa Mais Cultura – Ação Microprojetos Amazônia Legal
Coordenação de Difusão Cultural da Funarte/MinC
Eixo Monumental, Setor de Divulgação Cultural, Lote 02
CEP 70.070-350 – Brasília (DF)

Edital

http://www.funarte.gov.br/portal/wp-content/uploads/2010/04/Microprojetos_AmazoniaLegal_2010_edital.pdf

Ficha de Inscrição Pessoa Física

http://www.funarte.gov.br/portal/wp-content/uploads/2010/04/microprojetos_amazonialegal_2010_fichainsc_pfisica.pdf

Ficha de Inscrição Pessoa Jurídica

http://www.funarte.gov.br/portal/wp-content/uploads/2010/04/microprojetos_amazonialegal_2010_fichainsc_pjuridica.pdf

Grupo Carrefour seleciona projetos

A Fundação Internacional Carrefour e o Grupo Carrefour Brasil lançam um edital de seleção de Projetos na área de alimentação em 2 focos: educação para consumo e produção sustentável , aproveitando sua plataforma de negócios e priorizando as comunidades em que atua, que são os seguintes:

  • Rio Grande do Sul
  • Paraná
  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Minas Gerais
  • Goiás
  • Distrito Federal
  • Amazonas
  • Ceara
  • Espírito Santo
  • Mato Grosso do Sul
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Rio Grande do Norte

 O objetivo da seleção é apoiar as organizações sociais que necessitam de apoio financeiro para ampliar o seu impacto e resultado, como estratégia de desenvolvimento social e sustentável.

Poderão participar instituições que tenham, no mínimo, 2 anos de constituição legal, desenvolvam programas nessa área e nos Estados em que o Carrefour atua. Os projetos devem gerar elevação de patamar social, ser inovadores, ter compromisso com a comunidade e demonstrar viabilidade de crescimento em larga escala no médio e longo prazo.

 As organizações deveram ter como foco de atuação

 a) Educar e/ou mobilizar as comunidades para as questões de segurança e soberania alimentar, no processamento de alimentos, de forma saudável, com segurança,

qualidade e economia;

b) Promover a saúde através de uma alimentação saudável e sustentável;

c) Desenvolver e/ou disseminar tecnologias no segmento de alimentação saudável e sustentável.

Ao final, 4 (quatro) propostas serão beneficiadas com um recurso máximo de 60 mil EUR (euros) para cada organização, para ser aplicado no prazo de 1 (um) ano.

O prazo para envio das propostas é 29 de junho de 2010.

O edital esta disponível em

 http://www.grupocarrefour.com.br/wp-content/themes/grupo-carrefour/Edital_2010.pdf

Para enviar sua proposta acesse o site

 http://www.grupocarrefour.com.br/sustentabilidade/instituto-carrefour/edital-de-selecao-de-projetos/envie-seu-projeto/

 Mais informações no site http://www.grupocarrefour.com.br/sustentabilidade/instituto-carrefour/

 Fonte: Grupo Carrefour

Prêmio Cultura Viva

 A terceira edição do Prêmio Cultura Viva é dirigida a iniciativas desenvolvidas por gestores públicos, grupos informais, organizações da sociedade civil e Pontos de Cultura que realizam atividades no âmbito da articulação entre cultura e comunicação

O Prêmio é dirigido a iniciativas culturais que:

• Apropriam-se dos meios de comunicação para a criação, a expressão ou a divulgação de suas práticas culturais;
• Fazem uso dos meios de comunicação para possibilitar o intercâmbio entre grupos, favorecendo o acesso e a troca de conteúdos culturais (relacionados às artes ou ao patrimônio cultural);
•  Desenvolvem experiências de produção de conteúdos culturais em mídias variadas2;
•  Estimulam a criação de conteúdos culturais por diversos sujeitos coletivamente, de forma colaborativa;
•  Propiciam experiências de tradição oral, com a transmissão de saberes e histórias que  mantêm viva a memória de um grupo social.

O prazo para o envio de propostas se encerra às 18 horas do dia 31 de maio de 2010.

O regulamento esta disponível no site

http://www.premioculturaviva.org.br/download/regulamento.pdf

O site para preenchimento da propostas é o seguinte:

http://www.culturavivainscricao.com.br/iniciativas/login.asp

A ficha de inscrição esta disponível para download em

http://www.premioculturaviva.org.br/download/inscricao3ed.pdf

Outras informações em http://www.premioculturaviva.org.br/

Fonte: Prêmio Cultura Viva