Tam patrocina projetos culturais e esportivas

PATROCÍNIO

A TAM anualmente realiza importantes investimentos em Patrocínios Esportivos e Culturais.
Como os recursos disponíveis para os investimentos nesse campo são limitados frente à quantidade de projetos existentes, preocupada em avaliar e executar os projetos apresentados de forma transparente, criteriosa e com eficácia, a TAM estabelece anualmente as Diretrizes de Patrocínios, que norteiam as políticas de Patrocínios Esportivos e Culturais da companhia, tanto no Brasil quanto no Exterior.

Aqui você pode se informar sobre as políticas de Patrocínios da TAM e o procedimento para solicitação de Patrocínios, caso seu projeto atenda os requisitos pré-estabelecidos em nossas políticas.

Patrocínios Esportivos:

  1. Vôlei
  2. Futebol
  3. Tênis
  4. Automobilismo
  5. Golfe

Patrocínios Culturais:

  1. Casas de Show
  2. Peças Teatrais
  3. Cinemas
  4. Espetáculos e Musicais
  5. Moda
  6. Museus

Leis de Incentivo Fiscais:

No momento, a TAM não realiza patrocínios externos através de leis de incentivo fiscais.

Projetos não Patrocinados:

Dentro das definições estratégicas da companhia, os seguintes projetos não são patrocinados pela TAM, independentemente dos benefícios envolvidos:

  1. Esportes de Risco
  2. Esportes Aéreos
  3. Pilotos de gêneros de Risco
  4. Veículos de competição automotiva
  5. Rodeios
  6. Específicos de nicho (de interesses extremamente segmentados)
  7. Prêmios aos quais a TAM, TAM Cargo ou TAM Viagens concorram diretamente ou indiretamente.

Período para recebimento de projetos

Visando alinhar o período de recebimento de projetos para Patrocínio com o planejamento estratégico e orçamentário da área, estabelecemos as seguintes datas para recebimento e análise de projetos de patrocínio:

1° de Março a 30 de Junho: Recebimento de projetos para o ano corrente.

1° de Agosto a 30 de Novembro: Projetos para o próximo ano.

Prazo de análise e resposta:

Todo projeto de patrocínio, recebido por e-mail ou físico, será analisado e será respondido ao solicitante, dentro do prazo máximo de 15 dias úteis a contar da data de recebimento, considerando eventuais alterações do prazo, em caráter de exceção, devido ao fluxo de projetos ou determinações estratégicas/administrativas da TAM. Este prazo é calculado baseando-se nas diversas etapas do processo de análise.

Critérios de análise:

As análises dos projetos são feitas de forma transparente e considerando criteriosamente a sua adequação aos tipos de projetos esportivos e culturais já descritos.

Como enviar o projeto:


Caso seu projeto atenda alguns dos requisitos aqui mencionados, você pode encaminhar o projeto por e-mail (patrocinio.mkt@tam.com.br) ou físico (impresso, CD e/ou DVD) para o endereço: Av. Jurandir, nº 856 – lote 4 – 4º andar – Jd Aeroporto – São Paulo – SP
CEP: 04072-000


A/C: Departamento de Marketing de Patrocínio

Fonte: www.tam.com.br

Anúncios

26 pensamentos sobre “Tam patrocina projetos culturais e esportivas

  1. Estamos enviando o nosso projeto para ser analizado por esta conceituada empresa. Na esperança de que o mesmo seja apoaido.MINUTA DO PROJETO ESPERANÇA DE APRENDER

    TÍTULO DO PROJETO: PROJETO ESPERANÇA DE APRENDER

    ENTIDADE EXECUTORA: CRECHE ESCOLA COMUNITÁRIA SANTA BÁRBARA

    ENTIDADE MATENEDORA: ASSOCIAÇÃO DE MORADORES E AMIGOS DA LAGOA DA COCISA E ADJACÊNCIAS • AMALCA

    ENTIDADE DE PARCERIA:

    ESPAÇO FÍSICO PARA EXECUÇÃO: RUA IRIGUAÇU, 11 ESTRADA DA COCISA-PARIPE

    NATUREZA DO PROJETO: COMUNITÁRIO

    PERÍODO DE ELABORAÇÃO: 05/03/2008 A 04/05/2008.

    PERÍODO DE EXECUÇÃO: APÓS APARELHAMENTO DO PROJETO.

    DATA DE APRESENTAÇÃO: 04/05/2008.

    CORPO TÉCNICO:

    Regina Graça Cerqueira de Sá – Diretora Administrativa da Associação AMALCA.
    Tânia Regina Paixão Oliveira – Vice-Diretora da Creche.
    Luiz Carlos Fridmann – Diretor Financeiro da Creche.

    RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO:

    Carmem Cabral de Jesus. C.R.Q. 07500141-7ª Região. Rua Boa Esperança de Coutos, nº. 04 – Bairro: Coutos CEP: 40.760-040 – Salvador – Ba. Tel.:(71) 3397-3546) / (71) 9157-7653.

    INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO

    TÍTULO: PROJETO ESPERANÇA DE APRENDER – Comunidade do Subúrbio Ferroviário de Salvador.

    “Preocupação com a Qualidade de Vida, associado a um modelo de desenvolvimento da Comunidade do bairro de Paripe, subúrbio da cidade de Salvador, no contexto social, político e econômico. Visando o Bem-estar das crianças em situação de risco do bairro da Periferia.”

    I. APRESENTAÇÃO

    Através deste projeto, pretende-se desenvolver um programa de assistência social às crianças em situação de risco da comunidade do bairro de Paripe, subúrbio de Salvador-Ba. Visa também obter uma qualidade de vida com maiores índices de desenvolvimento humano e aprimoramento educacional, auferindo meios de programar para adolescentes e pais, cursos artesanais e profissionais para complementação de sobrevivência familiar.

    II. MENSAGEM

    A pobreza é gerada por circunstâncias econômicas na qual uma pessoa carece de recursos básicos para a sua sobrevivência, o que ocasiona futuramente problemas de ordem diversa. O projeto tem como finalidade contribuir para a restauração da FAMÍLIA – Sonho de Deus para a humanidade, e formação cultural e emocional das crianças que vivem em situações de riscos, por ter na sua maioria pais totalmente arredios e atípicos dos valores morais de uma FAMÍLIA. Atuando na educação destas crianças estamos fazendo também em paralelo uma renovação da educação familiar destes pequenos jovens da nossa comunidade.
    A importância deste projeto é a conscientização de toda comunidade local num processo produtivo, econômico, social e cultural, resultando em uma sociedade mais participativa e solidária, auferindo valores e ideais comuns na região periférica da cidade.

    III. IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

    No dia 05 de Maio de 2003, foi criada a Creche Santa Bárbara, na Rua Iriguaçu, 11 Paripe – Estrada da Cocisa. Nosso compromisso com a comunidade está voltado para o social e o resgate da auto-estima desta população, possibilitando uma melhor qualidade de vida, desenvolvendo ações voluntárias para formação educacional das crianças e profissionalização de adolescentes , jovens e pais da comunidade carente do nosso bairro.

    3.1- QUADRO TÉCNICO

    Atua com voluntários na área pedagógica e de recreação, totalizando 04 professores e 04 auxiliares para os dois turnos. Necessita de um corpo docente efetivo para melhor atendimento aos propósitos do Projeto Esperança de Aprender.

    3.2- PARCERIAS

    Conta com doações da população adjacente, E PARCERIAS COM : MESA BRASIL/SESC, PRATO AMIGO, NOSSA SOPA, CLIRCA, FARMACIA TRADIÇÃO,FACULDADE FIB , BANCO DO BRASIL/ BAHIA SOLIDÁRIA E AÇÃO CIDADANIA/PETROBRÁS

    IV. INTRODUÇÃO

    O Projeto visa atingir a toda à comunidade carente da região através de programas educativos viabilizando o processo de transformação estrutural da nossa comunidade e preencher com eficácia as lacunas desta falta de conhecimento e bem estar social.

    V. JUSTIFICATIVA

    A violência hoje é a principal causa de mortandade entre jovens e toda essa fúria tem um nome: desemprego. É contra este fato que precisamos nos unir e lutar. A falta de profissão, conhecimentos tecnológicos, educação, saúde e a falta de solidariedade gera o desemprego e a violência. Os bairros da periferia da cidade pedem socorro às Autoridades Governamentais. A população carente está sendo esmagada pelo sistema assistencialista imediatista, que não resolve o problema. Precisa de uma atuação firme com ação direta na fonte causadora da degradação humana, que é a FALTA DE ESTRUTURA FAMILIAR E A FALTA DE UM SISTEMA EDUCACIONAL, que permita minimizar a violência urbana e traga a esperada condição digna de viver melhor.

    VI. PUBLICO ALVO

    Todos os cidadãos do bairro de Paripe, Salvador-Ba. Este projeto visa um bem comum interagir com toda a comunidade. Trabalhar com pessoas que necessitem de transformação e que tenham como necessidade prioritária, “uma boa qualidade de vida.” Podemos como parte de uma comunidade integrada nos organizar e realizar um trabalho de Reforma Social para garantir o nosso bem maior: a NOSSA VIDA.

    VII. OBJETIVOS

    7.1- GERAL

    Incluir as famílias carentes no setor produtivo e sócio-educativo. O projeto visa integrar a geração de renda, emprego e educação com os mais moderrnos conceito de gestão mercadológico e a preocupação com a qualidade de vida associado a um modelo de desenvolvimento cultural, ambiental e social.
    Atingir a toda a comunidade de Paripe através de programas educativos sobre a conscientização da preservação do meio ambiente, palavra de ordem para se atingir uma melhoria na nossa vida e no universo.
    Visa também promover junto com o Posto de Saúde, palestra sobre; ( planejamento familiar / D.S.T.; AIDS / gravidez precoce / dependência química / tabagismo / alcoolismo / depressão / obesidade / câncer de mama / da região cérvico uterina e próstata / diabetes e hipertensão).
    Criação e manutenção de um jornal do bairro para divulgação dos nossos trabalho, Centro de lazer com oficina de musica; Cursos profissionalizantes para jovens e adultos, priorizando nas palestras a importância da FAMÍLIA na vida do indivíduo, pois todos os problemas sociais têm seu ponto de partida na desigualdade social e na falta de estrutura familiar.
    Este projeto busca desenvolver o atendimento para toda a comunidade através da articulação e da parceria, mobilizando recursos oficiais e comunitários para promover os meios que assegurem a assistência necessária a toda comunidade em situação de risco pessoal e social. Esperamos que o conjunto de ações estabelecidas neste projeto produza o impacto na melhoria do atendimento e na garantia do direito social.

    7.2 – ESPECÍFICOS

    • Promover 03 (três) refeições diárias para as crianças, desenvolver atividade recreativa e promover atendimento psicológico às crianças em situação de risco da Creche Escola Comunitária Santa Bárbara;

    • Contratar e implantar um corpo de profissionais para atender as crianças consideradas de risco. Desenvolver atividades psicopedagógica para crianças e treinar as mães para um atendimento de melhor qualidade às crianças com dificuldades de relacionamentos e concentração;

    • Habilitar jovens na preservação do meio ambiente, promovendo parcerias com faculdades interativas que possibilitem voluntariamente o aprendizado de técnicas necessárias para a execução das atividades ambientais. Utilizar na Creche Escola Comunitária Santa Bárbara, estratégias de programas educativos, para despertar conhecimentos sobre o lixo reciclável em relação ao meio ambiente de modo prático e contínuo, em paralelo aos estudantes, promover na associação AMALCA a formação de um grupo de donas de casa, que terá a responsabilidade de visitar as residências de todo bairro distribuindo um folheto explicativo sobre RECICLAGEM DE LIXO – CONSUMO SUSTENTÁVEL: RECICLAR PARA PRESERVAR. Fazendo com que toda comunidade seja atuante na era da reciclagem, a ponto de se criar com o tempo oportunidades em indústrias recicladoras;

    7.3 – ESPECÍFICOS

    • Criar um Centro de Desenvolvimento de Informática com oficina de Português e Matemática; promover cursos profissionalizantes: Agente de higienização hospitalar e comercial; Auxiliar de lavanderia; operador de máquinas de lavar; camareira; auxiliar de jardinagem, cabeleleira/manicure e outros cursos profissionalizantes de curta duração, formando grupos de esporte cultura e lazer na. AMALCA, interagindo com todos os bairros do subúrbio.

    • Capacitar costureiras para executar atividades de corte e costura e criar uma cooperativa de costureira no bairro de Paripe;

    • Promover a criação de uma biblioteca na associação AMALCA, através de voluntários empresariais e ONGS, implantando através do programa da Secretaria de Educação, a erradicação do analfabetismo para jovens e idosos de toda a comunidade.

    • Atuar na área de saúde, promovendo na associação um atendimento de Assistência dentária, através de parcerias com Universidades/Faculdades (serviço voluntário). Priorizando o atendimento a Escola Creche Comunitária Santa Bárbara e a comunidade local do subúrbio. Que carece de assistência odontológica no local.

    VIII. METODOLOGIA / METAS.

    1. Aspecto Social – Beneficiar toda comunidade trabalhando na questão da integração e solidariedade, trazendo resultados positivos na humanização e amenização da violência na periferia da cidade;

    2. Aspecto Econômico – Geração de empregos diretos e indiretos, trazendo desenvolvimento comercial para o bairro de Paripe.

    3. Aspecto Político – Agregar Ongs e Poderes Governamentais e comunitários e formar parcerias entre comunidades mais carente da Grande Salvador e setores organizados da sociedade (comércio / indústria e serviços);

    4. Aspecto Esportivo/Cultural – Incentivar os Adolescentes e jovens no bairro a quebra de paradigma, ajudando a comunidade a se transformar, a criar, a fomentar idéias e produzir, fazendo do projeto uma ação; tornando toda comunidade um modelo positivo de vida;

    5. Aspecto Educativo – Preparar crianças, adolescentes e jovens para o melhor desempenho na vida educacional e conscientizar a comunidade, de forma que seja viabilizada a manutenção de todo projeto social, que resulta na obtenção de uma melhor qualidade de vida do bairro.

    6. Atendimento a Comunidade – Atendemos a 86 crianças em tempo integral e Pretendemos atender com este projeto 100 criança na faixa etária de 2 a 6 anos.

    7. Info-centro – Atendimento a 80 adolescente dividido em turmas de 40 alunos por
    turno, matutino e vespertino.

    8. Cursos Profissionalizantes – Atendimento Para jovens e adultos, no turno
    noturno.

    Obs. Curso compatível com o mercado de trabalho

    X. CRONOGRAMA DAS ATIVIDADES

    ATIVIDADES DESENVOLVIDAS DURAÇÃO
    Educacional/Recreativa Indeterminado
    Assistência nutricional/ psicopedagógica Indeterminado
    Cursos profissionalizantes/ e atividades produtivas Indeterminado

    X. ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICA

    • Agregar valores sócio-produtivo para a comunidade carente, disponibilizar recursos assistenciais para as crianças da Creche Comunitária e visualizar os aspectos colocados no projeto, para execução das ações.

    Recursos Humanos: Setor pedagógico e setor de apoio.
    Recursos Financeiros: Materiais; equipamentos; nutrição; produção e recreação.

    XI. ORÇAMENTO

    Atendimento às crianças:

    • Assistência social – Brinquedos; Alimentação; recreação; corpo pedagógico e de apoio; instalações e materiais. Despesas de capital Inicial: R$ 20.000,00 (Vinte mil reais);
    Manutenção do item assistência social: R$ 10.000,00 (dez mil reais).

    • Assistência física – Equipamentos; produtos/materiais e instalações.
    Despesas de capital inicial: R$ 45.000,00 (quarenta e cinco mil reais).
    Manutenção do item assistência física: R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

    • Total geral do capital inicial: R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais).
    Total geral para manutenção do projeto: R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

    XII. ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO

    Todo trabalho realizado será monitorado qualitativamente e quantitativamente, com emissão de relatórios mensais para os responsáveis pela viabilização e realização do projeto ESPERANÇA DE APRENDER. O monitoramento será realizado pelo corpo docente da creche e inspeção mensal de um representante da parceria responsável pelo projeto. Garantir a qualidade de trabalho e fidelidade das ações é o retorno da Creche Escola Comunitária Santa Bárbara aos seus parceiros de trabalho.

    Atenciosamente,

    ________________________
    Regina Graça Cerqueira de Sá
    Diretora Administrativa da
    Associação AMALCA.
    Tel.: (71) 3521-2159 / 3397-7818
    Cel.: (71) 9946-8792 / 8107-1539

    ANEXO I

    Relações de materiais e equipamentos

    Despesa de capital inicial: R$20.000,00 (Vinte mil reais).
    Para atendimento de assistencia social:

    Balança para pesa crianças, com fita de metragem.
    Brinquedos educativos e lúdicos.
    Ventiladores para teto
    Bebedouro.
    Televisão, som e DVD para palestra e aulas educativas.
    Carteira infantil, e para adulto .
    Mesas com cadeiras para professores .
    Mesa e cadeiras para refeitório.
    Quadro – Negro.
    Armário de aço para as salas.
    Armário para cozinha.
    Móveis para para escritório.
    Talheres, pratos, copos e bandeijas.
    Freezer horizontal.
    Geladeira duplex.
    Espremedor de frutas e liquidificador industrial.
    Fogão industrial.
    Panelas diverssas.
    Fardamento completo, tênis e mochila (alunos da creche )
    Materias didáticos.
    Medicamentos para primeiro socorros.

    MANUTENÇÃO DO ITEM ASSITÊCIA SOCIAL : R$ 10.000.00 (dez mil reais)

    Para folha de pagamento despesa pessoal:

    *08 (oito) Professores

    *04 (quatro) auxiliares de classe

    *02 (duas) manipulador – as de alimento

    *01 (um) auxiliar de serviços gerais

    *01 (um) auxiliar administrativo
    * – Vale transporte

    ANEXO ll

    ASSISTÊNCIA FÍSICA – EQUIPAMENTOS :

    Produtos/materiais e instalações.

    Despesas de capital inicial: R$45.000.00 (quarenta e cinco mil reais).
    orçamento geral( mão-de-obra , manutenção )

    Material de construção para o 1° andar
    Acabamento para o térreo (tintas,azulejos,ladrilhos,pisos).
    Sanitários ( infantil e adulto).
    Materiais hidráulicos .
    Materiais elétricos .
    Materiais para instalações do infor-centro.

    Relações de materias para curso de corte e costura
    Meta inicial, 20 pessoas em dois turnos :(mat./vesp.) PREÇO UNITÁRIO
    *02 maquinas overlok . _____________________________________ R$1.250,00
    *02 maquinas reta profissionais . _______________________________R$850,00
    *01 maquina corte . ___________________________________________R$420,00
    *06 domesticas profissionais . __________________________________R$430,00
    *01 peça de zíper .
    *01 peça de velcrom.
    *peças de tecidos para cortes
    *botões cores variadas
    *tubo de linhas de algodão cores variadas tamanho (G)
    *fita métrica
    *réguas
    *fitas diversas cores
    *bicos diversas cores
    *peças de viés
    *telas
    *tesouras grandes
    *papel metro para recorte

    Curso de artesanato, Meta inicial 20 pessoas em dois turnos.:(mat., vesp.)
    Relações de matérias para o curso de artesanato :

    Pinceis variados
    Tecido sacaria
    Meada de linha max
    Meada de linha anchora
    Agulhas ponto de cruz
    Agulhas vagonite
    Linha reta

    Linha cléo ou Anne
    Tintas
    Telas

    ANEXO lll

    Relações de equipamentos para o curso de reciclagem de lixo

    Balança até 10 kg para pequena pesagem ._____________________R$ 237,00
    Balança mec . até 300kg. _____________________________________R$ 600,00
    Prensa hidráulica de 15 toneladas _____________________________R$ 650,00
    Coletor de lixo (saco bag)90x90x1,70 __________________________ R$ 70,00
    Botas
    Luvas
    Mascaras
    Fardas

    Manutenção do item assistência física:R$5.000.00 (cinco mil reais).
    Pagamentos:
    *Energia
    *Água
    *Telefone

    Compras:
    *Alimentos
    *Gás
    *Material de limpeza

    Total geral para manutenção do projeto : R$15,000,00 (quinze mil reais)

    Total geral do capital inicial : R$ 65,000 (sessenta e cinco mil reais)

  2. Aqui em nossa cidade Guarabira/Pb necessitamos de projetos de continuidade e sustentabilidade.A AMCAC-Assoc.de Moradores do Conj.Res.Assis Chateuabriand deseja muito ter a TAM como parceira em nosso projeto de inclusão social para toda nossa região brejeira. Em breve enviaremos nosso projeto p/avaliação. Obgs.Janduy

  3. Andrey, gostei muito do seu blog, ele nos traz informação necessárias para contribuir na busca de empresas que incentivem a sutentabilidade da comunidade.
    parabèns !!!

  4. andrey seu blog era o que faltava. eu possuo uma escola de futebol em uma regiao muito pobre aqui do pará. estou atualmente com 186 alunos de todas as categorias. a dificuldade e que estou tocando com recurso proprio;estou querendo elaborar uns projetos de peticao de patrocinio mas nao tenho conhecimento para a elaboracao de projetos nescessito muito de sua ajuda no sentido de me orientar
    no mais obrigado

  5. Há 06 anos desenvolvo um trabalho esportivo com o PROJETO ESCOLINHA BOLA ROLANDO, para crianças e adolescentes, com recursos próprios da entidade Associação Beneficente Cultural Desportiva jardim Praia Grande, 38 anos de atuação na carente comunidade do Loteamento Jardim Praia Grande , suburbio ferroviario de Salvador, como devo proceder para obter informações mais completas sobre os projetos da TAM. Onde buscar os formulários apropriados, fineza nos informar urgente.
    Na nossa entidade mantemos ainda: Creche/escola e capoeira.

    Antonio Carlos dos Santos Silva
    Presidente

  6. Sou professor do Município de Japeri no Rio de Janeiro na Baixada Fluminense. O nosso IDH está muito baixo, estou trabalhando atualmente no setor de projeto, tem alguns. Como posso me escrever com os meu projeto para ter a TAM comom parceira? E que com certeza será muito bom para o nosso Município.
    Pois em breve estarei colocando o meu projeto para a preciação e aprovação da TAM, em que os alunos e o nosso município ficará muito grato com esta ação.
    Sabemos que com o apoio da TAM, com esta preocupação em pratocionar projeto é de muita importancia para todos.

  7. Adorei a informação sobre patrocinio da Tam, atualmente estou cursando gestão de projetos socias, e esse edital veio no momento certo grande abraço e parabéns pelo blog.

  8. Meu comentário é sobre a importância desta empresa em estar apoiando projetos sociais, abrindo oportunidades para as entidades sem fins lucrativas buscar os recursos necessarios para o desempenho das suas atividades sociais. Gostaria de obter informações de como obter os formulários para o desenvolvimento dos projetos.

  9. Sou presidente de uma Associação de moradores de uma comunidade carente. Onde tem crianças, jovens na prostituição, drogas dentre outros. E em breve estarei enviando projetos para TAM, para apreciação e aprovação.

    Atenciosamente,

    Raimunda Bandeira

  10. porque só 05 esportes?
    só existem estes esportes no brasil?
    Judô
    Capoeira
    Natação
    atletismo

    são considerador esportes perigosos pela TAM?

    obrigado
    alexandre rezende

  11. Estamos realizando um projeto há mais de 6 anos com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social dos bairros periferícos da orla maritíma de Fortaleza, na modalidade do hóquei sobre patins tradicional.
    Como consta esta modalidade não faz parte das modalidades patrocinadas.
    Diante das dificuldades em dar continuidade a este projeto, solicitamos encarecidamente a possibilidade do encaminhamento do nosso projeto para apreciação relativo ao ano de 2010.
    Convidariamos uma visita para conhecer o trabalho que realizamos com muita doficuldades junto a esta clientela.
    Informamos a vossa senhoria que mesmo sem apoio o brasil alcançou o quarto lugar no mundial deste ano.

    Atenciosamente,.

    Beto Vieira

  12. Oi meu nome é Janduy Cassemiro moro em Cajazeiras no interior da Paraiba. Sou sócio fundador da ACAD. Associação Cajazeirense de Dança, realizamos eventos com palestras, debates e estudo da cultura hip hop, essa iniciativa da TAM vem em boa hora pois é mais uma ajuda de incentivos para promovermos arte em nossa cidade e região.

  13. Boa Tarde! Sou representante de uma entidade, que tem um titulo de ultilidade pública mas nunca o ultilizei,tenho uma OSCIP, e nossa entidade atendi 250 crianças em situação de risco, prescisamos muito de ajuda, pois temos em nossa cidade um acrescimo muito grande de crianças e jovens usando drogas, e não podemos deixar que isso nós roube nossas crianças, mas mesmo com todas as dificuldades estamos caminhando na esperança de um dia termos mas condiçoes de ajudarmos essas e mas crianças, no momento estamos trabalhando com futebol masculino e feminino a 07 anos, mas não esta sendo facil, por isso venho através deste lhes pedir uma ajuda. Desde já agradecemos e ficamos no aguardo!

  14. Ola Boa Tarde sou do interior paulista e trabalho atualmente em um entidade filantropica ( Hospital ), e tenho muito interesse de participar de alguns projetos com parceria de vocês.
    Gostaria de saber se é possivel participar e como devo proceder com o projeto.
    preciso de algumas orientações como mantar este projeto de reforma e melhoria na estrutura hospitalar, principalmente nas alas de internações e acomodações do paciente.

  15. Ola Bom dia,trabalho na Secretaria de Educação/Cultura de Batayporã-MS, montamos alguns projetos envolvendo a cultura e temos muito interesse de enviar estes porjetos para vocês.Gostaria de algumas orientações e como posso estar mandando estes projetos.
    Desde já agradeço, abraços

  16. SOMOS UMA REDE E TEMOS UM ESPAÇO, COM CAMPO, PISCINA, AREA DE LAZER E TRABALHAMOS COM IDOSOS E ADOLESCENTES E GOSTARIAMOS DE UM PATROCINO COMO FAZEMOS.

  17. EU COMO PRESIDENTE DA ACROSSMO VENHO DESDE JÁ PARABENIZAR A TAM PELA INICIATIVA DE OPORTUNIZAR NOSSAS CRIAÇAS E JOVENS ASSOCIAÇÃO COMUNITARIA ROBERTO SILVA DE SÃO FRANCISCO DA MOMBAÇA COCEIÇÃO DO ALMEIDA BA CEP 44540-000 CNPJ 12.423.456/001-43

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s